Escolas da Capital: chuvas provocam evasão

Com as chuvas e alguns pontos da capital atingidos pela cheia do Rio Acre e igarapés, alunos da rede municipal de ensino não estão indo às escolas. A evasão é baixa, mas a Secretaria municipal de Educação afirma que os estudantes não serão prejudicados, em função da dificuldade de frequentar as aulas.

O número de alunos que não retornou às aulas na última segunda-feira foi pequeno, mas chamou a atenção da Secretaria Municipal de Educação. Cerca de 150 crianças matriculadas em uma creche e 4 escolas da capital, foram prejudicadas com as chuvas e consequentemente cheias do rio Acre e Igarapés.

As unidades de ensino onde a evasão foi identificada ficam na região do Belo Jardim, Taquari, Tropical, Capoeira e Ramal Bom Jesus. Este último foi criticamente afetado pela cheia do Igarapé Judia, que transbordou no último final de semana, deixando centenas de pessoas isoladas.

No entanto, segundo o Secretário municipal de educação, Márcio Batista, o conteúdo pedagógico será repassado aos alunos, sem nenhum prejuízo ao ano letivo. “Nós faremos um trabalho de acompanhamento, reposição de conteúdo para que eles possam acompanhar os demais alunos que estão freqüentando normalmente as aulas”, disse.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*