Femam reúne médicos de toda a Amazônia

Os representantes dos sindicatos dos médicos de toda a Região Norte estarão em Rio Branco a partir desta quinta-feira para participar do encontro da Federação dos Médicos da Amazônia (Femam). A reunião, que acontecerá no Hotel Terra Verde, debaterá a situação atual da profissão no país e avaliará o Programa Mais Médicos, bem como a realidade vivida em cada um dos municípios  para construir propostas de melhorias no atendimento ao público e melhorias nas condições de trabalho.

Para o debate sobre o Programa Mais Médicos, o encontro terá a participação do vice-presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Aloísio Tibiriçá Miranda, que falará sobre a posição adotada pela entidade.

O evento ainda terá como um dos palestrantes o professor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e um dos idealizadores do Sistema Único de Saúde (SUS), o médico Mena Barreto Sagadilha França, que falará sobre o serviço de atenção básica oferecido na rede pública.

“Vamos trazer especialistas para tratar de um tema complexo e importante para o povo brasileiro, principalmente para as pessoas que moram na Região Amazônica, em locais isolados, para poder apresentar propostas que possam contribuir para melhoria dos serviços oferecidos”, detalhou o presidente da Femam.

O encontro será aberto às 9 horas desta quinta-feira (7) com a palestra da juíza da a Vara da Fazenda Pública, Zenair Ferreira Bueno, que falará sobre as formas de contratação de servidores públicos, apresentando os direitos e os deveres do trabalhador.

“Vamos ouvir especialistas, compartilhar conhecimentos, analisar a situação atual com a entrada do Mais Médicos e apresentar encaminhamentos que poderão servir como exemplo para todo o Brasil. O objetivo é valorizar o profissional, obtendo como resultado final a melhoria dos serviços oferecidos para a população”, explicou Ribamar Costa.

Concurso público

Durante o encontro, o Sindmed estará realizando as inscrições de médicos filiados e interessados em participar de um curso preparatório para as provas do concurso público que serão realizadas em dezembro, pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre).

A meta é oferecer aulas de reforço das disciplinas básicas, como legislação, história e língua portuguesa aos profissionais que pretendem participar do certame.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*