Banner PRF

Feriadão começa calmo, diz PRF

A polícia Rodoviária Federal intensificou a fiscalização através de etilômetro e radares móveis e também reforçou as abordagens para verificar documentação de veículos e condutores.

Pouca gente saiu da Capital no feriado do Dia do Evangélico. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, também não foi grande a movimentação de veículos chegando. Mesmo assim, as ações de fiscalização foram mantidas, principalmente para o cumprimento de metas quanto à embriaguez ao volante e o excesso de velocidade. “Todos os dias temos metas a cumprir com o uso dos radares móveis e também do etilômetro, então diariamente usamos esses instrumentos na fiscalização”, disse o policial rodoviário, Marcelo Lima.

A primeira ocorrência do feriado foi às 6:30 da manhã desta sexta-feira, 24. Um motorista foi autuado por que estava embriagado ao volante. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro para se livrar da prisão, mas confessou que havia ingerido bebida alcoólica. O condutor foi multado em quase R$ 2 mil e também teve o veículo retido, porque estava com o licenciamento atrasado.

Ainda pela manhã, o autônomo Elzi da Costa também foi autuado. O pneu da moto está careca e o motorista sem habilitação. “Não sei o que vou fazer agora, porque dependo da moto pro meu transporte”, disse.

Por outro lado, a fiscalização é vista com bons olhos pelos condutores que procuram obedecer as leis de trânsito. O produtor José Nascimento estava chegando de Boca do Acre com a família, passou pelo teste do bafômetro e foi liberado. Ele concorda que as abordagens contribuem para a segurança dos condutores. “No feriado que aqueles que fazem coisa errada passam por aqui, então em que fazer isso mesmo”, disse.

No pátio do posto de fiscalização, os ônibus de transporte intermunicipal e interestadual são destaque. Estão retidos por que foram flagrados com licenciamento vencido ou restrições judiciais.

Deixe uma resposta