Fiscais do município decretam greve

Os mais de 100 fiscais de obras, meio ambiente e sanitário decidiram por uma greve por tempo indeterminado a partir dessa sexta-feira (21). Eles não aceitam que a prefeitura de Rio Branco aprove uma mudança no plano de cargos e salários beneficiando apenas os fiscais de tributos, que passam a ganhar uma premiação no final do ano.

A justificativa da prefeitura, é que o pessoal do tributo, deverão cumprir metas de arrecadação. Quando alcançarem cifras, que ainda serão decididas pela secretaria de finanças, receberiam um décimo quarto salário.

Em visita aos vereadores de Rio Branco, que devem votar a matéria essa semana, os fiscais que ficaram de fora do prêmio informaram que eles também arrecadam para o município. Segundo o presidente do sindicato dos auditores, José Maria da Silva, a prefeitura sempre recebe dinheiro quando que aprovam habitese, cobram ISS e até quando multam.

O líder do prefeito, vereador Gabriel Forneck informou que os fiscais estão sendo ouvidos e todas as informações serão repassadas ao prefeito Marcus Alexandre que vai decidir se inclui os novos nomes. A previsão é que o projeto seja votado nesta quinta-feira.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*