Flu vence e se afasta da zona

No jogo que a torcida do Fluminense mais compareceu neste Brasileirão, com mais de 32 mil pagantes, a equipe carioca venceu o São Paulo por 2 a 1 no Maracanã, na tarde de domingo, e respirou um pouco na briga contra o rebaixamento. Gum, que foi poupado de ser expulso pela arbitragem, marcou o gol da vitória aos 43 minutos do segundo tempo, de cabeça. Sob o comando de Dorival Júnior já são seis pontos em seis possíveis.

Com a vitória, o Fluminense foi aos 42 pontos e agora praticamente escapa do rebaixamento se vencer mais um jogo.

Poupando todos os titulares, Muricy surpreendeu na escalação para dar chance a garotos. Colocou o zagueiro Lucas Silva na lateral direita, o meia Lucas Evangelista na esquerda (barrando Clemente Rodríguez) e deu oportunidade ao sumido João Schmidt.

Mas era de Jadson a maior responsabilidade de criar. O meia apareceu nas bolas paradas num começo de jogo dominado pelo São Paulo.

Mais criativo, João Schmidt criou a jogada do gol. Recebeu de Jadson quase na linha da grande área e deu de calcanhar para Welliton. O atacante bateu prensado, mas deu sorte e viu a bola entrar para fazer 1 a 0.

O Fluminense assimilou bem o susto e começou a jogar. Aos 24 minutos, o volante Jean recebeu sozinho com Denis, mas chutou mal e mandou no travessão. O rebote ficou com o Flu e aí foi a vez de Rafael Sóbis arriscar. O goleiro bateu roupa, a bola bateu na trave e voltou na cabeça do volante, que cabeceou para o gol vazio. A partir daí e até o intervalo, só deu Fluminense.

O São Paulo estava satisfeito com o empate. Fechou-se atrás e buscava um contra-ataque matador, que não veio O Fluminense assustou num chute cruzado e numa falta de Rafael Sóbis.

Aos 43, o gol da vitória. Após escanteio batido da esquerda, Gum apareceu no meio da zaga e nem precisou subir para cabecear sem chances para Denis.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*