Governo freta ônibus para levar haitianos embora do Acre

Nesta quarta-feira, 29, estava prevista a saída do primeiro ônibus fretado pelo governo para levar os imigrantes até os estados das regiões Sul e Sudeste. Nos próximos dias, cerca de 500 imigrantes que estão em Brasileia serão levados para outras regiões do país.

A iniciativa tem o objetivo de diminuir o número de imigrantes que estão na fronteira. Segundo o gerente da empresa de ônibus contratada para fazer o traslado, diariamente, cerca de 50 deles vão embarcar. “ Lota-se um ônibus e manda para a cidade para onde os haitianos pretendem ficar”, explica Célio Peixoto,  gerente da empresa de transportes Eucatur.

O custo com o transporte e alimentação deles será bancado pelo governo federal, via governo do Acre, dentro do pacote de medidas adotadas a curto prazo para minimizar a situação de caos que se instalou em Brasiléia nas últimas semanas.

De 2010 até agora, mais de 15 mil imigrantes do Haiti e de outro países já entraram no Brasil pelo Acre. São Paulo, Paraná e Santa Catarina são os destinos mais procurados por eles. A maioria viaja de ônibus, passando pelo terminal rodoviário de Rio Branco.

“Alguns não têm o dinheiro suficiente para adquirir o bilhete. Nós damos desconto, damos cortesia, fazemos essa parte humanitária também”, declara Célio Peixoto.

Atualmente, mais de 1.000 imigrantes permanecem em Brasileia aguardando a liberação para entrar no Brasil ou à espera de uma empresa que possa contratá-los para trabalhar no país.Nesta quarta-feira encontramos alguns no terminal rodoviário de Rio Branco. Ao saber que terão mais essa ajuda para deixar o Acre, ficaram animados com a notícia.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*