Idosos e pessoas com deficiência poderão ser vacinados em casa

Projeto de Lei foi aprovado pela Câmara Municipal e sancionado pelo prefeito

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, do Progressistas, sancionou o Projeto de Lei, aprovado na Câmara Municipal, que institui o Programa de Vacinação Domiciliar de Idosos e Pessoas com Deficiências. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (14).

“O programa será destinado a pessoas com idade de 60 anos ou mais, que, comprovadamente, estejam impossibilitadas de se deslocar até o posto de vacinação e para pessoas com deficiência, principalmente as que tenham dificuldades em locomoção”.

A adesão ao programa depende de indicação médica e se dará mediante cadastramento, que poderá ocorrer por solicitação do paciente, de seus familiares ou de procurador por ele constituído, ou por meio de ofício pelo Poder Público.

As vacinas a serem aplicadas poderão ser: contra a gripe (influenza); contra pneumonia pneumocócica; contra difteria e tétano (dupla bacteriana do tipo adulto-dt); febre amarela; hepatite; tríplice viral; meningite meningocócica; e doses de reforço ou vacinas eventuais e obrigatórias.

Deixe uma resposta