thumb chico mendes

Lei declara Chico Mendes patrono do meio ambiente no Brasil

A lei que torna Chico Mendes patrono do meio ambiente brasileiro foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff e publicada hoje (16) no Diário Oficial da União.

O líder seringueiro, morto há 25 anos, ficou conhecido internacionalmente por sua luta em favor da categoria e da proteção da Floresta Amazônica.

Chico Mendes foi assassinado a tiros, no quintal de sua casa, em Xapuri, no Acre, no dia 22 de dezembro de 1988, uma semana depois de completar 44 anos.

Nesta segunda-feira, 16, a partir das 11h (hora de Brasília) acontece uma sessão solene no Congresso Nacional em memória dos 25 anos da morte do líder seringueiro.

Para o senador Anibal Diniz (PT-AC), um dos autores do requerimento para a realização da sessão, as homenagens a Chico Mendes mostram que o Senado está sintonizado com o meio ambiente.

Além da sessão solene, o ambientalista foi homenageado com a aprovação de projeto que o declara Patrono do Meio Ambiente no país. Aprovado na última quarta-feira (11), o texto seguiu para a sanção presidencial.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*