M. Thaumaturgo: Luz para Todos chega a isolados

Mais de 300 famílias de Marechal Thaumaturgo estão sendo beneficiadas pelo programa Luz Para Todos. Foram cerca de 100 quilômetros de rede de energia que chegaram às comunidades rurais isoladas. O projeto foi orçado em R$ 2 milhões e contou com o apoio da prefeitura e do governo estadual, que foram responsáveis pelo planejamento e logística. Para este ano estão previstos mais 50 quilômetros.

O coordenador do programa na região, Reginaldo Valente de Oliveira, destacou que o projeto só foi executado por causas das parcerias. “Foi um conjunto de forças, mas o maquinário e toda a infraestrutura disponibilizada pelo prefeito Aldemir Lopes foi determinante”, destacou ele, que ainda acrescentou: “Foi a redenção para aquelas famílias. Olhando nos olhos.delas é possível sentir a dignidade, a felicidade e a renovação da esperança de que virão outros benéficos”.

A alegria está estampada no rosto do agricultor Manoel Pereira do Nascimento. Morador do Ramal da Aparição, que fica sem acesso durante o inverno, ele passou a conviver com eletrodomésticos como geladeira e televisão. “A vida melhorou muito aqui”, disse. Nesta primeira fase, foram beneficiadas as comunidades das margens do rio Juruá e do Projeto de Assentamento Amônia.  

M. Thaumaturgo: Luz para Todos chega a áreas isoladas   

Mais de 300 famílias de Marechal Thaumaturgo estão sendo beneficiadas pelo programa Luz Para Todos. Foram cerca de 100 quilômetros de rede de energia que chegaram às comunidades rurais isoladas. O projeto foi orçado em R$ 2 milhões e contou com o apoio da prefeitura e do governo estadual, que foram responsáveis pelo planejamento e logística. Para este ano estão previstos mais 50 quilômetros.

O coordenador do programa na região, Reginaldo Valente de Oliveira, destacou que o projeto só foi executado por causas das parcerias. “Foi um conjunto de forças, mas o maquinário e toda a infraestrutura disponibilizada pelo prefeito Aldemir Lopes foi determinante”, destacou ele, que ainda acrescentou: “Foi a redenção para aquelas famílias. Olhando nos olhos.delas é possível sentir a dignidade, a felicidade e a renovação da esperança de que virão outros benéficos”.

A alegria está estampada no rosto do agricultor Manoel Pereira do Nascimento. Morador do Ramal da Aparição, que fica sem acesso durante o inverno, ele passou a conviver com eletrodomésticos como geladeira e televisão. “A vida melhorou muito aqui”, disse. Nesta primeira fase, foram beneficiadas as comunidades das margens do rio Juruá e do Projeto de Assentamento Amônia.  

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*