thumb Ministerio-Publicodoa

Membros do MP fazem doação a desabrigados

Os promotores e procuradores do Ministério Público Estadual, por meio do Grupo Especial de Apoio e Atuação para Prevenção e Resposta a Situações de Emergência ou Estado de Calamidade devido à ocorrência de Desastres – GPRD entregaram nesta quinta-feira a primeira doação para a campanha desencadeada pelo Programa Acre Solidário, coordenado pela primeira dama do Estado, Marlúcia Cândida, e Ação Rio Branco Amiga, liderado pela primeira dama da capital, Gicélia Viana, para arrecadar e entregar alimentos para as famílias atingidas pela cheia do Rio Acre. Gicélia Viana recebeu as doações do secretário geral do MP, promotor Celso Jerônimo Souza nesta quinta-feira a tarde na sede do órgão.

São alimentos, que de acordo com Gicélia vão servir para o mingau e lanche das crianças, para compor as cestas básicas que serão doadas para as famílias que não saíram de casa apesar da alagação e para quando elas voltarem para as residências. “Nós agradecemos em nome da Ação Rio Branco Amiga e programa Acre Solidário. É com ajudas como essa que estamos conseguindo manter os lanches diários para crianças, idosos e gestantes e também garantir o mingau das crianças mais novas, bem como as fraldas descartáveis”, relata.

O secretário geral do Ministério Público, promotor Celso Jerônimo, disse que a campanha interna de arrecadação vai continuar no órgão e que novas doações serão feitas nos próximos dias para auxiliar novamente as vítimas da alagação. Ele destaca que além dos alimentos, os recursos também servirão para o pagamento de aluguéis sociais das famílias que não conseguirem retornar para as antigas residências. “Sabemos que muitas casas não terão mais condições de serem habitadas e essas famílias vão precisar pagar aluguel. Nessa hora esperamos poder ajudar também por meio do Acre Solidário e Rio Branco Amiga”.

Celso Jerônimo garantiu também a Gicélia que o órgão vai realizar uma edição do Ministério Público na Comunidade no Parque de Exposições, onde estão abrigadas atualmente 4.051 pessoas. O MP na comunidade foi criado para aproximar o Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) da comunidade e garante todos os serviços oferecidos nas unidades ministeriais nos bairros. A ideia é tornar mais acessível o atendimento ao cidadão de comunidades que apresentam elevada vulnerabilidade social.

As doações feitas pelos servidores do Ministério Público foram entregues nesta quinta-feira, 13, para as famílias que estão abrigadas no Sesc Bosque.

Deixe uma resposta