Minirreforma vai deixar a cidade mais limpa durante campanha eleitoral

A minirreforma eleitoral já está pronta para ser sancionada pela presidenta Dilma Roussef, e trás novas regras para evitar campanhas milionárias, e é mais uma tentativa de buscar  equilíbrio entre os candidatos. As novas regras trazem impedimentos na propaganda eleitoral e o que poderá ser usado pelo candidato, já no ano quem vem.

Estão proibidos bonecos gigantes; cartazes e cavaletes em via pública, placas e muros pintados em bens particulares. Para muitos políticos acreanos e pré-candidatos como os deputados Edvaldo Souza, Astério Moreira e Walter Prado, as medidas ajudam quando evitam as super campanhas.

Outra alteração no texto da lei é a proibição de substituir candidatos a menos de 20 dias da eleição. Agora as atas dos partidos devem ser publicadas na internet em até 24 horas. Haverá também um limite para a contratação de cabos eleitorais. Será limitada a 1% do eleitorado em municípios de até 30 mil eleitores, acima dessa população pode contratar uma pessoa a cada mil eleitores.

Entre as medidas permitidas pela minirreforma está o uso de adesivos que medem 40×50 centímetros. As bandeiras também estão liberadas. Os candidatos podem ainda, montar mesas para distribuição de material de campanha desde que não atrapalhe as pessoas e veículos.

Outra vantagem com a mudança das regras da campanha é que será menos propaganda na rua. A cidade ficará mais limpa e menos poluída visualmente.  Todos agradecem.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*