thumb terminal urbano rio branco

Motoristas e cobradores fecham Terminal Urbano

Profissionais protestam contra a falta de segurança

Os motoristas e cobradores dos ônibus coletivos de Rio Branco realizam uma paralisação neste momento no Terminal Urbano da capital.

Os funcionários da empresa de ônibus decidiram parar por meia hora durante a manhã desta quarta-feira, 23, para chamar  a atenção das autoridades publicas para os assaltos que têm sido cometidos contra os motoristas, cobradores e usuários do transporte.

Segundo os manifestantes, os bairros mais perigosos são Calafate e São Francisco. O fechamento do Terminal está causando tumulto pois neste horário muitas pessoas precisam passar pelo local para ir ao trabalho, hospitais ou escolas. As ruas próximas ao Terminal encontram-se congestionadas com filas quilométricas de veículos.

Usuários sofrem com o problema

Os usuários do transporte coletivo já alguns dias vem denunciando a situação de insegurança, principalmente no bairro São Francisco.

A estudante Felícia Lanay Nascimento, 20 anos, moradora do bairro São Francisco, no Conjunto El Dourado, disse que no bairro frequentemente pessoas são furtadas ou roubadas.

Segundo a moradora, devido à falta de segurança, os ônibus já não têm ido até a parada final. “Os ônibus da linha, que faziam parada final no conjunto, não estão indo mais até lá no período da noite, no caso, a hora que eu e outros estudantes e trabalhadores chegam em casa. Sendo assim, temos que fazer um longo percurso até chegar em nossa residência, o que nos causa medo e impotência mediante aos acontecidos”. Afirmou Felícia.

Felícia disse ainda que os moradores se mantêm calados por medo de represálias, pois na maioria das vezes os crimes são cometidos por pessoas de dentro da comunidade. “Devido a algumas denúncias, a polícia até se faz presente em rondas pelas quadras do conjunto, mas é  coisa momentânea e sem eficácia.”  A moradora pede que as autoridades competentes busquem uma resolução para o problema.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*