18-01-2021 mulher-e-vitima-de-tentativa-de-feminicio

Mulher é vítima de tentativa de feminicídio na UPA

Crime aconteceu em frente a unidade do Segundo Distrito, em Rio Branco

Mulher é agredida por morador de rua enquanto esperava atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do segundo Distrito, Patrícia de Paula, foi agredida ficou com hematomas pelo corpo e teve o ombro deslocado.

Segundo a vítima, um morador de rua se aproximou e começou a agredi-la primeiro verbalmente a chamando de garota de programa, “ele disse que e deveria ir para a rodoviária que lá era o lugar de fazer programa” relatou Patrícia. Após isso o morador de rua se levantou e saiu de perto da vítima, voltando em seguida com uma garrafa e começou a agredir a vítima diversas vezes.

Patrícia relata que de acordo com os médicos da Unidade ela não foi a primeira pessoa vítima de agressão desse morador de rua. Segundo a vítima ela acionou a polícia, mas não conseguiram prender o suspeito, pois já havia passado o período de flagrante.

Seguindo recomendações de advogados, Patrícia vai registrar o boletim de ocorrência como tentativa de feminicídio, quando o crime é motivado apenas pelo fato da vítima ser uma mulher.

Deixe uma resposta