thumb vacina hpv elza fiuza

No Acre, expectativa é imunizar mais de 40 mil adolescentes

A partir do dia 10 de março, meninas com idade entre 11 e 13 anos começam a ser imunizadas contra o HPV, o papiloma vírus humano. A vacinação na rede pública de saúde é inédita no país.

A vacina é disponibilizada em clínicas particulares e não sai por menos de R$ 1.000. No estado, pouco mais de 43 mi adolescentes estão nesta faixa etária e prontas para receber a primeira dose.

Segundo o coordenador estadual de imunização, a campanha já está sendo trabalhada com as secretarias municipais de saúde dos municípios acreanos. Boa parte deste público vai ser vacinado na própria escola que estuda. Além disso, a vacina estará disponível em unidades de saúde.

O HPV é transmitido por meio de relações sexuais. De acordo com a Organização Mundial em Saúde(OMS), em todo planeta 290 milhões de mulheres carregam o vírus. A maioria dos casos de câncer de colo de útero é causado pelo HPV.

Com esta imunização, a chance de não desenvolver a doença é superior a 98%. Mesmo assim, o ministério da Saúde alerta que a vacina não substitui o exame preventivo, o papanicolau, e nem o uso de preservativos sexuais.

Deixe uma resposta