Defesa Civil retira família no Vila Nova

Defesa civil retira família de área de risco depois de a casa tombar. No início da semana nossa reportagem esteve o local e nesta quinta-feira (30), a situação piorou. Outras famílias que moram próximas a casa, estão planejando sair por conta própria.

Há poucos dias, relatamos a situação de risco em que vivem moradores da rua da Zeli, bairro Vila Nova. O barranco próximo ao Igarapé São Francisco começava a ceder e trazer preocupação à comunidade. “Tá descendo todas essas casas e não tem como a gente ficar aqui”, disse o morador Sebastião Moreira.

Com a instabilidade do solo, uma das últimas casas da rua começou a tombar e a família estava à espera de uma decisão da Defesa civil. Mas nesta quinta-feira, a situação piorou. A casa que estava tombando inclinou ainda mais, a ponto de quase desmoronar. A defesa civil isolou o local e com o apoio da ação social do município, a família foi retirada para um lugar seguro. Provisoriamente, os moradores vão receber auxílio moradia.

Outras 3 casas da rua estão da mesma forma. Segundo a Defesa civil, a inclinação acentuada aconteceu por que o barranco cedeu mais de 1 metro e meio.

No total, 12 casas do local estão em situação de risco. A aposentada Graça Andrade está planejando sair até sábado por conta própria. Depois de 20 anos na mesma residência, só agora as rachaduras nas paredes aumentaram e ela sentiu a estrutura tremer. “Não tem mais condições de ficar aqui. Estou com medo”, declarou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*