Oposição: indicação de Petecão ainda gera atrito

O pré-candidato ao governo do Acre, Márcio Bittar (PSDB) e o procurador de Justiça, Edmar Monteiro reuniram-se nesta quinta-feira, 12, a portas fechadas, para tratar sobre a indicação do primeiro suplente de Gladson Cameli (PP).

Edmar Monteiro se afastou de suas funções no Ministério Público Estadual após acordo firmado com dirigentes da oposição de que o indicariam como suplente de Cameli, porém, o senador Sérgio Petecão (PSD) mudou de posicionamento e decidiu indicar Mailza Gomes, esposa do prefeito James Gomes (PSDB) para vaga, causando, assim, grande desconforto dentro da coligação.

Petecão nega que tenha firmado algum compromisso com o procurador, embora, dirigentes do bloco dos 11 partidos que apoiam Márcio Bittar (PSDB) afirmem o contrário.   

Petecão teria interesse de colocar Mailza Gomes, na primeira suplência, para garantir o apoio para candidatura de sua esposa Mafisa Galvão a Câmaar Federal.

Quanto à indicação a suplência, Márcio Bittar diz que a escolha tem que sair do consenso do conselho político da aliança.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*