Para Câmara Federal, PMDB garante “Chapão”

Para a cúpula do PMDB o assunto já está decidido. O grupo de 11 partidos de oposição que tem o deputado federal Márcio Bittar(PSDB) como pré-candidato ao governo, terá apenas uma chapa de candidatos a deputado federal.

É o chamado chapão da oposição, que já começou a ser montado, agora que a escolha do nome para a vaga de vice da chapa majoritária já aconteceu, sendo a deputada estadual Antônia Sales (PMDB) a escolhida.

A partir da próxima semana as atenções do PMDB e dos partidos menores se voltam para as candidaturas a deputado federal, apesar da resistência dos chamados partidos ´nanicos´ em se juntar aos maiores.

“Nós teremos uma chapa só para deputado federal, todos os partidos estarão juntos. Essa decisão foi tomada pelo conselho político. E nas estaduais faremos tantas alianças quanto necessárias”, garante o deputado Flaviano Melo, presidente regional do PMDB.

Alguns partidos pequenos não querem a coligação com os maiores, que já tem deputados federais. Isso diminui a chance dos candidatos dos partidos pequenos, que tem poucos votos, e vão servir apenas de ´escada´ na soma de votos da coligação, que tende a reeleger os que já tem mandatos.

Dos 11 partidos da aliança de oposição, pelo menos 5 estariam insatisfeitos com a manobra, pois preferem duas ou mais chapas para deputado federal. Muitos pré-candidatos por esses partidos estariam desistindo de disputar uma vaga na Câmara. Até agora além do PMDB nenhum outro partido se manifestou sobre a formação do ´chapão da oposição´.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*