thumb psicultura

Piscicultura: alevinos já em fevereiro

Até o final do mês de fevereiro, o Governo do Estado começa a distribuição de alevinos de surubim no complexo de piscicultura, construído na BR-364, a 30 quilômetros do centro de Rio Branco.

Até abril, serão produzidos 3 milhões de filhotes que vão povoar os açudes de centenas de produtores rurais. A entrega dos alevinos é o início oficial das atividades do complexo que pretende alcançar 12 mil produtores rurais que vão engordar surubins e pirarucus para ter uma renda extra.

A fábrica de ração que vai funcionar próximo aos tanques de alevinos  terá capacidade de produção para 40 toneladas  ano. É ela quem vai abastecer os tanques dos criadores. Depois de os peixes alcançarem peso e tamanho para o abate o produtor volta  ao complexo para vender a produção. Um moderno frigorífico está sendo montado no mesmo local.

Segundo o secretário de Industria, Edvaldo Magalhães, as obras no frigorífico devem ficar prontas em abril  e a fábrica de ração em março. Depois das fases de teste o complexo começa a operar possivelmente em junho. A proposta é de, no final do ano, o Acre exportar filé de surubim, pirarucu e o peixe mais comum da região o tambaqui.

Construído estrategicamente na BR-364, o mercado mais propício para venda do peixe será o peruano, que servirá como caminho para os portos que chegam a Ásia. Seguindo a outra margem do BR-364 o produto acreano deve ganhar espaço no mercado do sul e sudeste do Brasil.

Deixe uma resposta