PMDB estipula data para indicar vice de Bittar

A aliança de onze partidos de oposição já tem o deputado federal Márcio Bittar, do PSDB, encabeçando a chapa como pré-candidato a governador, e o deputado federal Gladsom Cameli, do PP, como pré-candidato a senador. Agora, a coligação formalizou o convite para que o PMDB indique o nome para a vaga de vice.

A preferência é por uma mulher que não apenas represente o sexo feminino na chapa, mas que traga o voto das mulheres. A mais cotada para a indicação do PMDB é a deputada estadual Antônia Sales, que foi a mais votada do estado na última eleição.

“É um nome consolidado, tem um peso muito grande no Juruá, e em outras regiões do estado também, e ela pode contribuir muito com a chapa de oposição”, avalia o deputado estadual Wherles Rocha(PSDB).

Caso Antônia Sales não aceite o convite, outro nome feminino pode entrar em cena, indicado pelo PMDB. Trata-se da vereadora de Rio Branco Eliane Sinhazique, também a mais votada na última eleição.

O PMDB estabeleceu a data de 20 de maio com prazo máximo para decidir sobre a indicação. Nesta segunda-feira, 28, a deputada Antônia Sales falou pela primeira vez publicamente sobre o assunto, disse que ficou honrada com a possibilidade de compor a chapa majoritária, e que está avaliando o convite.

“Não estou descartando a ideia, mas não posso dizer agora que vou ser a candidata, estou avaliando”, disse a deputada.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*