Poesias femininas são interpretadas em exposição fotográfica

Exposição acontece de 16 a 23 de julho na Usina de Arte João Donato

Buscando dar visibilidade a poemas escritos por mulheres, bem como destacar temas que abordem os direitos das mulheres e seu cotidiano, ocorre de 16 a 23 de julho a exposição fotográfica “Poesias Femininas Interpretadas”, na Usina de Arte João Donato, em Rio Branco, Acre, a partir das 9h30.

Organizada pela fotógrafa Nattércia Damasceno, a exposição deve reunir imagens produzidas durante ensaios fotográficos inspirados nas obras de cinco poetas acreanas, levando em consideração a representatividade e diversidade cultural, etária, social, de gênero, racial e estética tanto das poetas, quanto das modelos que irão representar artisticamente as obras.

Cristina Santos, Francis Mary, Natielly Castro, Nilda Dantas e Rayssa Castelo Branco abordam em suas obras o feminismo e a luta da mulher.

“Diante do contexto atual, torna-se de fundamental importância revelar protagonistas em segmentos da sociedade acreana que estão, de modo geral, relegados à influência da sociedade patriarcal”, contextualizou a fotógrafa.

Segundo Nattércia, a fotografia contribui para a apreensão e compreensão do momento e a união das duas artes (poema e fotografia) motivará o público a vislumbrar diferentes nuances entre escrita e imagem.

“O objetivo principal será demonstrar a complementaridade das artes, gerar reflexão dos temas retratados e estimular o consumo da fotografia e literatura locais”, acrescentou.

“Poesias Femininas Interpretadas” é um projeto realizado com recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc nº 14.017/2020, por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour. A exposição ocorrerá de forma presencial, seguindo todos os protocolos sanitários da bandeira vigente. Para dar maior visibilidade ao projeto, também foi criada a página na rede social instagram @expofotofemininas.

Sobre a fotógrafa

Nattércia Damasceno é graduada em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Federal do Acre (Ufac). Iniciou suas atividades na fotografia por volta de 2006, registrando a cena musical autoral em Rio Branco/AC.

Em 2008, passou a fotografar festas infantis, área na qual atua até hoje.
Participou da exposição coletiva “A Leveza do Ser Feminino”, que reuniu quatro fotógrafas acreanas.

Fez parte do Pium Fotoclube – o primeiro clube de fotografia do Acre – que desenvolveu atividades na área da fotografia no período de 2010 a 2014. Atualmente é fotógrafa na assessoria de comunicação da Universidade Federal do Acre (Ufac). Poesias Femininas Interpretadas é sua primeira exposição individual.

Deixe uma resposta