Polo logístico: 17 empresas já estão autorizadas

Ao todo, 17 empresas receberam escritura pública dos terrenos que irão ocupar no Polo Logístico de Rio Branco. Até agora, os investimentos na área de 130 hectares ultrapassam R$ 100 milhões. A maior parte é do capital privado. A expectativa é que, pelo menos, 500 empregos diretos sejam gerados.

A assinatura dos documentos ocorreu na manhã desta terça-feira, 03. José Carlos será um dos primeiros empresários a se instalar no local. “O polo logístico é muito significante, acredito pela estrutura que nós temos hoje das nossas empresas que estão muito restritas e atrapalhando o desenvolvimento da nossa cidade, estamos de acordo e batalhando para conseguir esta área”, destacou.

Com a escritura em mãos, os empresários podem fazer financiamentos para investir no local. O evento foi realizado na sede da procuradoria-geral do estado. “A procuradoria trabalhou desde o início para identificação do imóvel, a fase da desapropriação, acompanhamento junto a comissão de logística e agora, estamos em um momento de celebração”, disse David Laerte, procurador-geral em exercício.

Esta é a primeira fase do projeto. Na segunda etapa outras 10 empresas já demonstraram interesse em instalarem-se no empreendimento. Durante a conversa com empresários, o governador Tião Viana(PT) destacou a instalação do pólo para a economia acreana.

“O segredo do resultado rápido da relação economia-setor privado- poder público é o poder público fomentar a base e o empresariado alavancar. O quê vem por trás disso? Aquilo que é mais precioso: emprego para a população”, finalizou Viana.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*