Banner Vitimadaprima

Por causa da prima, jovem pode ser condenada por vários crimes que jamais cometeu

Há um ano, Karina da Silva Rosa Nascimento vive um verdadeiro drama. Por causa de Andrelina da Silva Barbosa, uma prima, a jovem de 18 anos de idade está sendo acusada por vários crimes que jamais cometeu.

“É algo que me deixa nervosa e constrangida. Não consigo dormir, minha família está passando problema junto comigo. Em todos os locais que eu vou, é a minha cara que está estampada. É crime de incêndio, roubo a motel, tráfico de drogas, roubo de moto”, argumenta.

Em março, Karina foi chamada para uma audiência. O motivo: tráfico de drogas. Ela compareceu, explicou tudo que tinha acontecido, mas a dúvida ainda permanece. Com medo de ser presa a qualquer momento, a estudante vive, literalmente, trancada na própria residência. “Ele[o advogado] falou que se ela for condenada, no caso eu, posso pagar por um crime que não cometi”, afirma.

A mãe de Karina questiona uma possível negligência durante a prisão da verdadeira culpada pelos crimes. “Eles não podem pegar qualquer um e jogar lá dentro sem nenhuma identificação correta. Isso é um erro muito grave”, disse Clecy Nascimento.

Andrelina está presa na penitenciária de Rio Branco, segundo informações dos familiares, ela conseguiu tirar os documentos utilizando o nome da prima sem nenhuma dificuldade. A mãe de Andrelina reconhece o erro e pede justiça em favor da sobrinha. “Apesar de tudo, eu sei o que a minha filha é capaz”, ressaltou Sidnei da Silva.

Desde que o erro foi descoberto, Karina iniciou uma verdadeira peregrinação para provar que não fez nada. Somente no Instituto Médico Legal, IML, foram duas tentativas. Porém, a jovem não obteve nenhuma resposta. Agora, ela não sabe a quem recorrer.

“Eu estou pedindo para alguém se manifestar em relação a isso e tomar providências. Vou entrar com uma ação contra o Estado, pois estou passando por uma humilhação”, finalizou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*