Prefeitura notifica empresa de coleta do lixo

A Prefeitura de Rio Branco acionou a Procuradoria Jurídica do Município para ingressar com sanções contratuais contra a empresa Tucano, responsável pela coleta de lixo na cidade. Desde a última segunda-feira, 2, a empresa tem quatro caminhões com problemas mecânicos e há deficiência operacional por conta de recursos humanos. Com isso, vários pontos estão sem coleta, o que vem causando sérios transtornos à população.

Se os problemas não forem sanados até a próxima sexta-feira, 6, a empresa será punida de acordo com as cláusulas de contrato. A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SEMSUR) está preocupada com a previsão de aumento na produção de resíduos sólidos em Rio Branco por conta do fim de ano, período em que o consumo cresce muito. Dezembro, alerta a SEMSUR, é um mês crítico e a coleta de lixo tem de estar operando com sua capacidade total. “Estamos mantendo reuniões com a empresa para que ela tome providências adquirindo mais equipamentos para suprir a necessidade da coleta e contratar mais funcionários para compor as equipes coletoras”, disse Kellyton Carvalho, da SEMSUR.

A coleta de lixo em Rio Branco vive um período de transição. O serviço hoje executado pela empresa Tucano será passará a ser realizado pela Limpebras, recém-contratada, a partir de 2 de janeiro de 2014. Mas até o vencimento do contrato a Prefeitura exige que o serviço seja adequado às necessidades da população. E no próximo dia 9 de dezembro Kellyton Carvalho reúne-se com o diretor de Operações da Limpebras, o engenheiro Carlos Moreira da Silva, que apresentará o plano de ação da empresa.

A chegada da nova coletora coincide com a abertura da Ação de Inverno, a grande operação de remoção de entulhos e resíduos sólidos realizada através de parceria entre a Prefeitura e o Governo do Estado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*