thumb RogerFc

Presidente da Câmara de Rio Branco é vítima da “gangue do tambor”

A “gangue do tambor”, composta por infratores que arrombam residências arrancando o miolo das fechaduras, fez mais um vítima. Desta vez foi o presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco, professor Roger. Os bandidos reviraram os cômodos e vários objetos de valor foram roubados entre eles um notebook. Além disso, uma bolsa com documentos e valores em dinheiro foi  levada. Os bandidos também forçaram a porta do carro que estava na garagem. A família dormia em outro quarto e não ouviu a movimentação. O vereador conta que, quando acordaram, levaram foram surpreendidos com a casa revirada. “Você fica num quadro de total vulnerabilidade, a sensação é de insegurança”, disse.

Nesta quinta-feira, a Polícia Civil pode ter chegado a um dos pontos de comercialização ligados à gangue do tambor. A “Operação Rastro”, deflagrada com objetivo de combater os crimes contra o patrimônio, recuperou dezenas de notebooks, tablets e celulares. Os objetos foram localizados em uma loja nas proximidades do Terminal Urbano. Através de rastreamento feito em um tablet os policiais chegaram até a pessoa que tinha comprado o aparelho e conseguiram descobrir o local onde os demais produtos estavam.

A polícia alerta às vítimas que tiveram aparelhos eletrônicos roubados que registrem ocorrência, por que é possível rastreá-los. “Procure as delegacias e denuncie. Nós estamos com meio de rastrear esses aparelhos e já pegamos muita coisa”, disse o delegado Odilon Vinhadelli.

A “Operação Rastro” foi realizada por Policiais da 4º Regional da Polícia Civil, em parceria com a Divisão de Investigação Criminal (DIC) e a Delegacia de Repreensão de Entorpecentes. Foram cumpridos além dos mandados de busca e apreensão, três mandados de prisão.

Deixe uma resposta