Produtos Perigosos motivam debate no Acre

Em maio deste ano um cilindro de gás acetileno explodiu em uma residência no bairro Manoel Julião em Rio Branco, causando a morte de uma pessoa, deixando feridos e a destruição de vários imóveis.

Outras notícias do passado como um grande vazamento de óleo diesel de uma empresa geradora de energia elétrica em Tarauacá e o vazamento de resina asfáltica (piche) nas proximidades do Canal da Maternidade na Capital revelam o alerta: estamos preparados para nos proteger de acidentes com materiais perigosos?

Com o intuito de promover discussão entre as entidades públicas e população sobre quais sãos riscos, ameaças e vulnerabilidade inseridos quanto a utilização, distribuição, armazenamento e movimentação dos produtos perigosos no Acre, a Comissão Estadual de Gestão de Riscos – Câmara Técnica de Produtos Perigosos realiza nesta quinta e sexta-feira, dias 28 e 29, em Rio Branco, o 1º Seminário sobre Produtos Perigosos do Estado do Acre “Ações e Desafios para Proteção de Todos”. O evento acontecerá no auditório da Secretaria de Estadual de Educação, na Baixada da Sobral, e contará com vários palestrantes nacionais e internacionais.

Na manhã do dia 28, após a abertura, o diretor da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB-SP, Jorge Luiz Gouveia, irá se apresentar.
A instituição é referência nacional na preparação de técnicos para atendimento em emergências químicas. Em seguida, a reitora do IFAC, Profª Rosana Cavalcante dos Santos, fará a explanação sobre Caracterização e Mapeamento das Áreas de Riscos com Produtos Químicos Perigosos (P2) e Resposta Rápida (R2).

Ela é a criadora de método preventivo sobre o tema que hoje vem sendo aplicado em vários Estados. No período da tarde o Seminário contará com as palestras de comandantes do Corpo de Bombeiros Militar – CBM do Acre e Nacional.

No segundo dia do Seminário, os debates contarão também com especialistas internacionais (Bolívia e Peru) das Defesas Civis, abordando temas relacionados a nossa realidade fronteiriça. O 1º Seminário sobre Produtos Perigosos do Estado do Acre “Ações e Desafios para Proteção de Todos” é uma realização da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil do Acre em parceria com o Instituto Federal do Acre (IFAC), Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), Prefeitura Municipal de Rio Branco e Corpo de Bombeiros.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*