Reforma Administrativa: docentes da Ufac paralisam quarta-feira

Devem participar ainda estudantes, e servidores dos Correios e do Banco do Brasil

O Seminário Estadual para debater a Reforma Administrativa realizado na Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) nesta segunda-feira (16) foi o ponta pé inicial para a campanha dos servidores públicos do Acre contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020, a Reforma Administrativa proposta pelo Governo Federal.

O Movimento de Lutas Permanente, que engloba diversos sindicatos e entidades trabalhistas e estudantis, elaborou uma carta para ser entregue aos parlamentares nesta quarta-feira (18), data em que será realizado o Dia Nacional de Luta, um ato unificado contra a aprovação da PEC 32 e as privatizações, em defesa do serviço público e contra o governo Bolsonaro.

O Dia 18 será realizado em Rio Branco, a partir das 9 horas, em frente à Aleac, na região central da capital acreana. Além de professores federais e das demais esferas públicas, devem participar estudantes, e servidores dos Correios e do Banco do Brasil.

Deixe uma resposta