banner-retrospectiva

Relembre os acontecimentos que marcaram o ano

Confira os grandes fatos que aconteceram no Acre no ano que termina. A enchente na capital acreana, o caso Telexfree, o sumiço de Gildemar da Silva e as prisões que causaram grande repercussão são alguns destaques:

Janeiro

01/01/13 – O ano começou com muita festa. O ‘show da virada’ reuniu milhares de pessoas no estacionamento do estádio Arena da Floresta, em Rio Branco. Vários minutos de fogos de artifício brindaram a chegada do ano novo. Além do show pirotécnico, bandas locais e o cantor Péricles abrilhantaram o espetáculo.

02/01/13 – Festa também para a posse de prefeitos e vereadores.  Na capital, Marcus Alexandre(PT) assumiu prometendo muito trabalho. Em Cruzeiro do Sul, segunda maior cidade do estado, o peemedebista Vagner Sales iniciou seu segundo mandato com promessas de investimentos nas áreas de infraestrutura e agricultura.

07/01/13 – Motoristas em alerta. Em janeiro, a fiscalização eletrônica voltou a funcionar no trânsito de Rio Branco.  O Detran aderiu, mais uma vez, aos radares para flagrar motoristas que ultrapassam o limite de velocidade. O fato gerou muita polêmica.

Fevereiro

11/02/13 – Fevereiro e carnaval têm tudo a ver. Foi no clima de alegria que a maior festa popular do país agitou as principais cidades acreanas. Na capital, o trio elétrico movimentou os foliões no estacionamento da Arena da Floresta. O aniversário de 23 anos da TV Gazeta foi comemorado na avenida. A emissora, líder de audiência no estado, foi tema do samba enredo do bloco fuxico.

07/02/13 – Um mês trágico para a polícia civil. No Bujari, interior do estado, o delegado Marco Antônio Toledo morreu após ser baleado, acidentalmente, durante uma operação para prender um bandido foragido.  Para contê-lo, um agente da equipe do delegado efetuou um disparo, que atingiu o alvo errado, ferindo o delegado à altura do tórax.

14/02/13 – e foi em fevereiro, oficialmente, que começou a maratona da ex-senadora Marina Silva para a criação do partido Rede Sustentabilidade.

Março

13/03/13 – O museu da Borracha fechou as portas.  O prédio que conta a história do Acre está em ruínas. O local foi interditado em março. As janelas foram destruídas por cupins, assim como parte do telhado. Os portões são seguros com barbantes e fios elétricos. O atendimento ao público só deve ser normalizado em 2014.

20/03/13 – As águas de março castigaram o acreano mais uma vez. Em Tarauacá, interior do estado, uma das piores enchentes da história, 40% da cidade ficou alagada.  Nove mil famílias foram atingidas pela força das águas dos rios Tarauacá e Muru. Na capital, o prefeito Marcus Alexandre decretou situação de emergência em virtude da cheia do rio Acre. A cota de transbordamento foi ultrapassada e onze bairros foram alagados. Mais de 350 famílias ficaram desabrigas.

21/03/13 – os estudantes lotaram a câmara de vereadores de Rio Branco para comemorar o projeto de lei que estipulou em um real o preço da passagem do transporte coletivo para estudantes.

Abril

01/04/13 – O mês de abril começou com transtornos para os moradores das margens do rio Liberdade, no vale do Juruá. O rio transbordou e centenas de famílias tiveram que deixar suas casas. Várias residências foram arrastadas pela força das águas.  Um sonho construído há décadas pelas famílias, sendo destruído, em poucos minutos, pela fúria da natureza.

04/04/13 – Na Arena da Floresta, o Rio Branco foi derrotado pelo Internacional de Porto Alegre, por dois a zero e foi eliminado da Copa do Brasil ainda na primeira fase.

15/04/13 – Chacina na zona rural do município de Epitaciolândia. Duas pessoas foram executadas. Um homem ficou desaparecido. Três mulheres sobreviveram ao banho de sangue. Todas elas foram espancadas e uma delas baleada. Dois dias depois, a polícia encontrou o corpo do homem sequestrado pelos bandidos. Ele foi estripado e teve as pernas amputadas.

Maio

02/05/13 – Em maio, agentes penitenciários foram às ruas protestar por mais segurança no trabalho. A mobilização aconteceu na semana seguinte aos ataques criminosos sofridos por membros da categoria. Um deles foi vítima de um atentado a bala no bairro Morada do Sol.

08/05/13 – Morre, aos 64 anos, vítima de câncer, o ex-governador Orleir cameli. Ele governou o Acre de janeiro de 1995 a dezembro de 1988. O óbito ocorreu na cidade de Manaus, no Amazonas, onde estava a tratamento de saúde. Os momentos finais do ex-governador foram passados ao lado da família. A notícia da morte de Orleir Cameli gerou grande comoção no Vale do Juruá, onde ele era forte liderança política.

10/05/13 – Operação G-7.  Polícia Federal prende secretários, empreiteiros e funcionários públicos acusados por fraude em licitações.  Ao todo, 15 pessoas foram presas.  De acordo com as investigações, mais de quatro milhões de reais foram desviados dos cofres públicos. O governador Tião Viana, durante agenda governamental, falou sobre a operação, ele disse confiar em sua equipe de trabalho. O chefe do executivo estadual disse ainda ser a favor das investigações.

Junho

13/06/13- A Telexfree foi proibida de realizar novos cadastros e fazer pagamentos no acre. As investigações iniciaram com o Ministério Público e a decisão de caráter liminar foi da Segunda Vara Cível da comarca de Rio Branco. Depois da decisão, os divulgadores da empresa promoveram uma onda de protestos que gerou caos no trânsito da capital.

22/06/13 – Nesta data, foi registrada a maior manifestação popular já vista no estado: o dia do basta. Milhares de pessoas foram às ruas de Rio Branco. A corrupção foi o principal alvo do protesto, que foi organizado pela internet. Famílias inteiras participaram. Mas não foi só a corrupção, vários outros motivos levaram a multidão a protestar, como melhorias na educação.

Julho

01/07/13 – As decisões judiciais da operação Delivery agitam o mês de julho. Dos 22 denunciados, 15 foram condenados a penas que variam de 4 a 34 anos de prisão. As condenações mais altas ficaram para os membros da quadrilha de aliciadores que segundo a policia civil já atuavam há 10 anos em Rio Branco. O grupo mantinha uma relação de 104 mulheres, sendo 25 menores de idade que eram levadas para as práticas sexuais no local onde o cliente escolhia. Os pecuaristas Adálio Cordeiro e Assuero Veronez foram presos como principais clientes da rede. Eles foram condenados a 8 anos de prisão cada, no regime semi-aberto e podem recorrer em liberdade.

03/07/13 – Em outra operação, dono de agência de modelos foi preso sob acusação de estupro de vulnerável. Ao menos 19 meninas teriam sido vítimas de Osmir Neto, que além de empresário é cantor e compositor. A prisão foi realizada durante a operação Glamour, desencadeada pela polícia civil. A defesa de Osmir Neto questiona as provas apontadas pela polícia, que indiciou o empresário por vários crimes de natureza sexual.

09/07/13 – Mistério. Homem é preso na invasão do Loteamento Praia do Amapá, em Rio Branco, mas nenhum registro de Gildemar da silva Lima foi encontrado em delegacias, hospitais e na penitenciária. Sem nenhuma resposta, a família do auxiliar de pedreiro entrou em desespero e chegou a procurar o Ministério Público. Segundo o comando do segundo batalhão da polícia militar, na noite do desaparecimento nenhum mandado judicial foi cumprido pelos policiais da área.

Agosto

08/08/13 – Pânico na maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco. Incêndio na usina de oxigênio causou um grande tumulto e desespero. Para impedir uma tragédia, a direção do serviço móvel de urgência mobilizou todas as viaturas para o local.  Uma a uma, as crianças foram sendo removidas da UTI para o interior das viaturas onde rapidamente eram entubadas no balão de oxigênio para mantê-las vivas até serem removidas para os hospitais da cidade. Vinte e cinco crianças foram removidas para outras unidades hospitalares.  Segundo a direção da maternidade, a possível causa do incêndio pode ter sido a oscilação na rede de energia elétrica.

14/08/13 – Agosto sempre foi um mês temido e apontado como negro pelos jornalistas, mas a família TV Gazeta, jamais esperava que nossos corações fossem sangrar no dia 14 de agosto de 2013. Nesta data, nos deixou o advogado e empresário Roberto Alves Moura. Ele era um dos maiores empreendedores que o Acre já conheceu e tinha muitas notícias boas a partilhar com o estado. O empresário morreu em São Paulo, vítima de um infarto fulminante. Ainda buscou socorro no Instituto do Coração, Incor, mas, infelizmente, quis Deus levá-lo para junto dele. Acreano de Tarauacá, além de nove filhos e 13 netos, Roberto Moura também deixou órfãos mais de dois mil funcionários que fazem parte do grupo Recol.

Setembro

03/09/13 – Prefeito de Senador Guiomard, James Gomes(PSDB) é afastado do cargo por decisão judicial. Além do prefeito, a vice Raimunda Rodrigues também foi afastada. A decisão foi do juiz da oitava zona eleitoral Afonso Brana Muniz.  O magistrado acatou 3 das 5 denúncias apresentadas por compra de votos. O petista André Maia assumiu o cargo.

05/09/13 – Setembro violento. Assaltante e policial morrem em troca de tiros durante assalto em loja de eletrodomésticos, na via Chico Mendes. As imagens do circuito interno de segurança flagraram toda a ação.  A loja estava movimentada no momento do assalto. O policial, sargento Cleiton, do 4° batalhão, foi ferido no abdômen e o assaltante, foi morto pelo PM. O policial ferido ainda foi levado ao pronto socorro, mas não resistiu ao ferimento.

Outubro

01/10/13- O mês de outubro começou com a chegada dos profissionais do programa Mais Médicos nos municípios do interior do estado.  A cubana Sônia Gonzáles Perez foi à primeira. A médica foi designada para atender nas aldeias indígenas de Porto Valter, no vale do Juruá.

10/10/13 – O Acre parou em outubro para acompanhar o assalto a uma casa lotérica no centro da capital. Dois assaltantes fizeram 25 reféns. Horas de tensão e muito medo. Armado, um dos assaltantes efetuou vários disparos. Foram quase sete horas de negociação e muita tensão, até que todos os reféns foram liberados e os bandidos presos.

29/10/13- Em Rio Branco, alunos da quarta série de uma escola estadual levaram um susto na hora da prova de língua portuguesa. Numa das questões do exame foi usada uma palavra obscena, que remetia ao órgão genital masculino. O caso virou polêmica entre os pais dos estudantes. A cópia da prova foi parar na internet e ganhou repercussão nas páginas das redes sociais.

Novembro

10/11/13 – Novembro marcou o retorno do antigo horário no Acre.  Após cinco anos da decisão do referendo, o estado e parte do Amazonas voltaram ao fuso horário com duas horas a menos em relação à Brasília. Em Rio Branco, uma festa com contagem regressiva comemorou a decisão. A mudança dividiu a opinião da população.

28/11/13 – O primeiro bloco de exploração de petróleo e gás no vale do Juruá foi arrematado pela empresa Petrobras, durante a décima segunda rodada de licitações da Agência Nacional de Petróleo, ANP, que foi realizada no Rio de Janeiro.

Dezembro

05/12/13 – Mudanças no Ministério Público Estadual. Oswaldo D´Albuquerque foi escolhido para comandar o órgão pelos próximos dois anos. O sucessor de Patrícia Rêgo foi indicado pelo governador Tião Viana.

05 e 14/12/13 – A TV Gazeta, afiliada a Rede Record, encerrou 2013 com o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido ao longo de sua história. A empresa recebeu, mais uma vez, o prêmio de emissora destaque em 2013. A equipe da TV Gazeta, comandada pelo repórter Wesley Moraes, venceu o prêmio MP de Jornalismo, com a reportagem “CAC do MP: uma central do cidadão”.

11/12/13 – Um incêndio de grandes proporções atingiu lojas na região central de Rio Branco, próximo ao mercado municipal Elias Mansour. O fogo se alastrou rápido e em minutos destruiu 13 estabelecimentos comerciais.  

23/12/13 – Político atrás das grades. O vereador de Cruzeiro do Sul, Marcos Cândido da Silva, do PMDB, conhecido como Marcos Lima Verde, foi preso acusado de estupro e corrupção de menores. Segundo informações da polícia civil, o vereador foi investigado durante quatro meses.

28/12/13 – Rio Branco completa 131 anos de fundação. A prefeitura da Capital acreana promoveu uma vasta programação em alusão ao aniversário da cidade. As atividades foram coordenadas pela Fundação Garibaldi Brasil (FGB) e pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL). O grupo Los Porongas encerrou as festividades.

Deixe uma resposta