Banner-alaga-friale

Rio Acre continua subindo e preocupa defesa civil Estadual

Em Sena Madureira, mais de 100 famílias estão desabrigadas

O rio Acre continua subindo e a consequência, são mais famílias desabrigadas. Segundo a defesa civil estadual, a tendência é que nos próximos três dias o rio alcance a marca dos 15 metros. Na medição das 6 horas desta quinta-feira (20) o rio estava com 14,73 metros, ou seja, 11 centímetros a mais que no início do dia.

Hoje, 12 famílias foram removidas para o abrigo instalado no parque de exposições. Agora são mais de 80 famílias abrigadas no local. Mas a preocupação no momento é com o município de Sena Madureira, onde o rio deixou centenas desabrigados. “Mais de 100 famílias foram atingidas pela cheia. Estivemos lá com equipe do governo inclusive orientando para que o município decrete situação de emergência”, disse o coordenador da defesa civil, Major Gundim.  

Por interesse público, o rio Madeira também será monitorado pela defesa civil acreana.

Segundo o pesquisador e meteorologista Alejandro Fonseca, a tendência é de que o rio Acre continue subindo, por que as chuvas têm sido mais intensas que no ano passado. Quanto a possibilidade de uma enchente expressiva como ocorreu em 2012, ele afirma que a hipótese não está descartada. “Sempre existe a probabilidade de que uma enchente supere a outra, até por que o período chuvoso vai até abril”, informa.

Deixe uma resposta