Setor primário: Acre investe R$124 milhões

A importância das linhas de crédito rural para o desenvolvimento do setor primário foi assunto abordado pela gerente de Crédito Solidário da Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), Eliana Mara Napolis, no programa de rádio Raízes da Terra desta terça-feira, 24.

Ela destacou temas referentes às ações de crédito rural e enfatizou os principais objetivos. “A finalidade é propiciar o incremento da economia local, oportunizar a ampliação do processo produtivo e oferecer alternativas de renda aos envolvidos”, ressaltou.

A Ação de Crédito 2014, da Seaprof, visa desenvolver a agricultura familiar e o empreendedorismo. O valor investido no setor primário, neste primeiro semestre é de mais de R$ 124 milhões direcionados à aquisição de máquinas, equipamentos e veículos utilitários, além de custeio para cultivo de mandioca, grãos, hortaliças, criação de peixes e bovinos.

Para a gerente, o crédito rural é um meio de melhorar as condições da produção agropecuária e extrativista, pois as famílias rurais necessitam realizar diversos manejos nas culturas, investir em tecnologias para diversificar e aumentar a produtividade nas culturas agrícolas e criação de animais.


1024×768

Acre: setor primário tem investimento de R$124 mi

A importância das linhas de crédito rural para o desenvolvimento do setor primário foi assunto abordado pela gerente de Crédito Solidário da Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), Eliana Mara Napolis, no programa de rádio Raízes da Terra desta terça-feira, 24.

Ela destacou temas referentes às ações de crédito rural e enfatizou os principais objetivos. “A finalidade é propiciar o incremento da economia local, oportunizar a ampliação do processo produtivo e oferecer alternativas de renda aos envolvidos”, ressaltou.

A Ação de Crédito 2014, da Seaprof, visa desenvolver a agricultura familiar e o empreendedorismo. O valor investido no setor primário, neste primeiro semestre é de mais de R$ 124 milhões direcionados à aquisição de máquinas, equipamentos e veículos utilitários, além de custeio para cultivo de mandioca, grãos, hortaliças, criação de peixes e bovinos.

Para a gerente, o crédito rural é um meio de melhorar as condições da produção agropecuária e extrativista, pois as famílias rurais necessitam realizar diversos manejos nas culturas, investir em tecnologias para diversificar e aumentar a produtividade nas culturas agrícolas e criação de animais.

 

Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*