TelexFree: defensor quer dinheiro liberado

O defensor público Valdir Perazzo anunciou na tarde de ontem que entrará na 2ª Vara Cível com um Mandado de Segurança (MS) alegando que as pessoas de baixa renda que investiram na TelexFree dependiam do recurso como verba alimentícia. O objetivo é agilizar a liberação do dinheiro dos divulgadores que estão em dificuldades financeiras.

Segundo o advogado público, para fazer parte do processo, o divulgador deverá procurar a Defensoria Pública com documentos que possam provar o investimento na empresa, comprovantes que possam mostrar a dependência do dinheiro para sobreviver e documentos pessoais.

Valdir Perazzo anunciou a tese de verba alimentícia depois de ser nomeado como defensor que atenderá as pessoas que ganham até quatro salários mínimos e que solicitam auxílio do órgão.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*