Ufac apresenta relatório final sobre laboratórios

Documento foi feito em parceria com todos os centros e busca mapear as necessidades laboratoriais e de equipamentos dos cursos da instituição

Os membros da comissão de avaliação das necessidades dos laboratórios de ensino e pesquisa da Universidade Federal do Acre (Ufac), sob a coordenação da pró-reitora de Graduação, Socorro Neri, reuniram-se na manhã desta quinta-feira, 18, no campus universitário, para avaliar o relatório final que indica as ações da instituição, no sentido de suprir as deficiências das referidas unidades e dotá-las de melhores condições de funcionamento.

“O diagnóstico apresentado na reunião retrata de forma precisa a situação dos laboratórios hoje existentes na Ufac, bem como as necessidades da instalação de novos espaços com o mesmo fim. O próximo passo é entregar o relatório ao reitor, para que possamos decidir conjuntamente todas as demandas”, explicou Socorro Neri, salientando que “a Ufac jamais havia feito uma ação dessa magnitude”.

Para o diretor do Centro de Ciências Biológicas e da Natureza (CCBN), Carlos Eduardo Garção de Carvalho, constitui um grande avanço a preocupação da Ufac com os seus laboratórios, de forma global, envolvendo todas as suas unidades. Mas ele lembra que as demandas são enormes. “Para se ter uma ideia, só de material permanente e de consumo são necessários R$ 13 milhões para atender às demandas do CCBN”, disse. Existem hoje 106 laboratórios em funcionamento na Ufac, nos campi de Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

Demandas de laboratórios de ensino e extensão da Ufac

A Comissão formada para diagnosticar as necessidades dos 106 laboratórios de ensino e pesquisa hoje existentes na Universidade Federal do Acre (Ufac) tem o objetivo de definir as demandas de manutenção de prédios, equipamentos e de compras de materiais dos campi de Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

Atualmente, dois blocos de laboratório – pesquisa em Biologia e Química e biodiesel – encontram-se em reforma. Ao todo, a Ufac investiu mais de R$ 7,2 milhões na compra de equipamentos, recuperação de laboratórios e na construção de novos espaços para o desenvolvimento da pesquisa e extensão nos campi de Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

Ufac investe R$ 7,2 milhões em laboratórios

Com a finalidade de estimular o desenvolvimento da pesquisa científica, a Universidade Federal do Acre (Ufac) tem investido, gradativamente, na implantação e recuperação de laboratórios para o atendimento a estudantes de todas as áreas do conhecimento. Atualmente, estão em fase de andamento, na Diretoria de Material e Patrimônio (DMAP) da instituição, 22 processos de licitação para aquisição de equipamentos laboratoriais. No total, mais de R$ 7,2 milhões estão sendo investidos nos campi de Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*