Vasco empata e apenas ‘respira’

Nem mesmo o retorno ao Pacaembu empolgou o Corinthians neste domingo (17), quando o time fez um jogo sem graça e sem gols contra o Vasco, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Depois de cumprir 5 perdas de mando de campo por causa de incidentes causados pela torcida,o Corinthians chegou ao 16º empate na competição -o nono sem gols.

O resultado foi ruim para os dois time. O Corinthians tem 49 pontos, longe do G-4 e de uma vaga na Libertadores. Já o Vasco, cada vez mais perto do rebaixamento, tem 38 pontos e ocupa a antepenúltima posição.

A partida de hoje também marcou o início das despedidas de Tite, cujo contrato termina em dezembro e não será renovado. O treinador entrou em campo sob os gritos dos torcedores, que gritavam seu nome e exibiam faixas de agradecimento.

O Corinthians foi melhor nos primeiros 20 minutos de partida, mas não chegou a dar trabalho à defesa vascaína.

Uma cobrança de falta de Douglas, aos 7 min, passou perto do travessão. Dez minutos mais tarde, Paulo André levantou na área e Renato Augusto arrematou de primeira, rente à trave.

Aos 42 min, Cris saiu jogando errado e deixou Alessandro na fogueira. O goleiro do Vasco deixou o gol para evitar a finalização de Douglas.

Ante a inoperância do ataque carioca durante toda a etapa inicial, Walter foi um mero coadjuvante na meta corintiana.

O jogo continuou insosso após o intervalo. O lance mais emocionante saiu aos 9 min, quando Emerson invadiu a área pela direita e chutou cruzado. A bola atravessou o campo e saiu pela linha de fundo, quase raspando o pé da trave esquerda.

Depois disso, muitos passes errados, faltas no meio-campo e vaias da torcida ao término da partida.

Os últimos 3jogos de Tite à frente do Corinthians são contra o Flamengo, na próxima rodada -domingo, às 17h, no Rio-, Internacional e Náutico.

O Vasco dá continuidade a sua luta pela fuga da zona da degola sábado, às 19h30, diante do Cruzeiro, no Maracanã.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*