Zagan: PF confirma prisões, mas não revela nomes

A superintendência da Polícia Federal no Acre confirmou o cumprimento de três mandados de prisão no estado, mas não revelou os nomes dos presos. É grande movimento de representantes da OAB/AC na sede da PF. Especula-se que os três presos são advogados. Os mandados de prisão, por estelionato e formação de quadrilha, foram expedidos pelo juízo da 3ª Vara Federal de Porto Velho/RO.    

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (27), a Operação Zagan, com o objetivo de desmantelar uma organização criminosa atuante nos estados de Rondônia e Acre. A quadrilha era especializada na falsificação de cédulas e em diversos outros tipos de fraudes, entre as quais falsificação documenta

Ao todo, aproximadamente 138 policiais federais cumprem 35 mandados de prisão, sendo 12 de prisão preventiva e 23 de prisão temporária, além de 36 mandados de busca e apreensão de forma simultânea em quatro estados (Rondônia, Acre, São Paulo e Mato Grosso).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*