banner Zona-Rural

Zona rural de Rio Branco é lembrada

O prefeito Marcus Alexandre esteve nesta sexta-feira, 16, na escola Marilene Mansour, localizada no ramal Boa Água, estrada do Quixadá, para acompanhar mais uma edição do programa Prefeitura na Comunidade, que tem como objetivo levar diversos serviços e ações das secretarias e órgãos do município aos moradores da zona rural.

O programa é realizado através de parceria entre a Prefeitura de Rio Branco, o Governo do Estado e o Poder Judiciário. Entre os serviços oferecidos a comunidade, destaca-se o atendimento básico de saúde, emissão de carteira de identidade, consultas e encaminhamentos jurídicos, corte de cabelo, atividades de recreação, esporte e lazer, atrações culturais e de entretenimento, cadastro e atualização do Bolsa-Família, palestras e orientações sobre educação ambiental, direitos humanos e combate ao racismo, entre outras, orientações sobre o financiamento do PNHR, além de rodas de conversas com os moradores sobre as demandas e necessidades da comunidade.

Quem fez questão de agradecer a prefeitura de Rio Branco por levar uma série de serviços aos moradores da zona rural foi a dona Maria Luciane. Ela aproveitou para fazer uma série de exames e consultas. “As vezes é muito difícil a gente ir até a cidade, por isso a gente só tem a agradecer ao prefeito Marcus Alexandre.

Gratidão é o sentimento de todos os moradores da zona rural e que conseguem ter acesso a uma série de serviços e ações da Prefeitura e do Governo. Dona Maria Alice, moradora do ramal Sossego, não escondia o seu contentamento por estar sendo atendida. “Estou muito feliz porque fiz todos os exames”, disse ela.

O diretor da escola Marilene Mansour, professor Jeferson Fernandes, destacou a importância do programa Prefeitura na Comunidade na zona rural. “Sem dúvida, sem não fosse essa ação, as pessoas não poderiam ter acesso a muitos serviços, já que o deslocamento até a cidade, muitas vezes, não é fácil”, disse.

Mais de cinquenta mil atendimentos foram realizados ano passado

Mais de cinquenta mil atendimentos foram realizados nas cinco edições do programa em 2013, nas diferentes comunidades da zona rural de Rio Branco. A média de procedimentos realizados por edição é dez mil. É o momento em que os moradores aproveitam a oportunidade para ter acesso aos mais diversos serviços reunidos no mesmo lugar. Os mais utilizados são os atendimentos médicos e ambulatoriais, oportunizados através da Secretaria Municipal de Saúde.

Na primeira edição do programa, realizada no km 82 da estrada Transacreana (rodovia AC 090), na escola João Câncio, foram registrados mais de 14 mil atendimentos, num total de 9 mil pessoas beneficiadas. Isso é possível porque, segundo o secretário da SEMACS, Manoel Lima, em geral cada pessoa tem acesso a mais de um atendimento.

Mas a edição que registrou o maior número de atendimentos, em 2013, foi no projeto Moreno Maia, quando foram realizados mais de 17 mil procedimentos, com 12 mil pessoas atendidas em apenas um dia.

A prefeitura de Rio Branco também levou o programa ao Jarinal, no km 18 da estrada do Quixadá (ramal Boa Água) e também no km 36 da BR 317 (estrada de Boca do Acre), nas comunidades Baixa Verde e Nova Baixa Verde.

Este ano, o ramal Boa Água é o primeiro a receber o programa Prefeitura na Comunidade, que também passou a ser realizado na zona urbana da capital. Os serviços já foram levados ao bairro Montanhês e também ao Calafate.

“Realizamos uma edição do programa por Regional. Por isso, embora não tenhamos realizado a atividade na zona urbana no ano passado, nossa meta é realizar este ano cinco edições na zona rural e dez na zona urbana”, explicou o secretário Manoel Lima.

Serviços oferecidos à comunidade por secretaria:

SEMACS: Roda de conversa com a comunidade e coordenação geral da ação;

SEADPIR: Palestra e orientações sobre Igualdade Racial e Combate ao Racismo;

SEMEIA: Atividades e orientações sobre Educação Ambiental;

COMTES: Feira de Produtos Regionais com produtores locais;

SEMSA: Consultas médicas, atendimentos de enfermagem, saúde da mulher, PCCU, planejamento familiar, pré- natal; palestras sobre educação em saúde e saúde do homem, orientações e encaminhamentos de saúde bucal, escovação supervisionada, aplicação de flúor, limpeza, restauração, exodontia, acompanhamento do Programa Bolsa Família, orientações e atendimentos a pacientes com hipertensão e diabetes, acompanhamentos de saúde da criança e adolescente, testes rápido de DST/HIV, Sífilis, Hepatites; vacinação contra o HPV e da gripe e vacinação em cães e gatos;

SEMCAS: Cadastramento e atualização do Bolsa Família;

 SEMAM: Corte de cabelo, distribuição de material informativo sobre prevenção à gravidez na adolescência e sobre os serviços de atendimento a mulheres em situação de violência, Casa Rosa Mulher e informações sobre o Conselho Municipal da Mulher;

SEDIHPA: Palestra sobre direitos humanos;

SAFRA: Orientação sobre o financiamento do PNHR;

SEMSUR: Limpeza do local e água mineral para os participantes;

SEMEL: Realização de atividades esportivas (futebol society e voleibol);

SEME: Mala de leitura, desenhos, jogos didáticos e atividades laboral;

FGB: Forró com o Projeto Senadinho na Comunidade;

SEJUV: Palestra sobre sexualidade e preservativos;

Instituto de Identificação – Polícia Técnica Científica: Emissão de Registro de Identidade;

Fórum de Segurança Pública: Palestra e esclarecimentos sobre segurança pública.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*