Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020

Brasileiros estão presos na Bolívia

Confronto entre colonos e indígenas gera bloqueio de estradas

O Governo da Bolívia enfrenta atualmente uma crise ocasionada pelo conflito entre colonos e indígenas. A situação resultou no bloqueios de várias estradas que ligam as regiões de Riberalta e Pando. A falta de diálogo e um consenso sobre o preço de castanha, um dos principais meios de vida, seria a causa da crise.

De acordo com a imprensa boliviana, povoados de Nanagua, El Sena, Batraja, Santa Elena, Santa Lúcia, estão sofrendo com bloqueios. As associações de camponeses e indígenas acusam o governo através do Ministério de Desenvolvimento Produtivo e Economia em fracassar no acordo.

Um grupo de quatro brasileiros estão impedidos de sair da Comunidade de El Carmem, distante cerca de 180km de Cobija. Eles foram passar cerca de cinco dias na região realizando trabalhos religiosos. Na volta, ficaram sabendo do bloqueio e estão a cerca de 11 dias sem poder voltar para casa.

Algumas informações foram passadas via telefone, pedindo ajuda às autoridades do Brasil para poder sair da Bolívia e voltar para casa. “Somos seis pessoas querendo sair, quatro brasileiros e dois bolivianos. Eu vim passar cinco dias e já se passaram onze e o ‘permisso’ já tá vencido. Precisamos de ajuda”, disse. Existem relatos de pessoas em bloqueios agindo de forma violenta, mas, não há registros de feridos.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado