Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020

Fiscalização na fronteira Acre/Bolívia

Medida para conter avanço do Covid-19 no país vizinho

O fechamento da fronteira entre Brasil e Bolívia foi anunciado ainda nesta terça-feira (17) pela presidente interina, Jeanine Áñez, para conter o avanço do coronavírus no país. Desde então, homens da fiscalização sanitária e das forças de segurança boliviana estão controlando a entrada na fronteira.

Apenas bolivianos estão autorizados a entrar no país, isso, após passar por entrevista e também aferição da temperatura corporal para averiguar se a pessoa está com febre (um dos sintomas do Covid-19).

“Basicamente o que a gente faz é perguntar os sintomas da pessoa, se ele tem sintoma respiratório, se tem febre, tosse ou se a pessoa tem nexo epidemiológico, quer dizer, se ele estiver em Rio Branco, a gente está controlando a entrada no país através de uma ficha epidemiológica, caso confirmar se ele esteve num canto como Rio Branco, Fortaleza, São Paulo, a gente tem que controlar”, explicou o médico Dicson Venegas.

A medida também está sendo tomada no aeroporto da Bolívia. As pessoas que estão desembarcando passam por uma fiscalização rigosa.

A fronteira deve ficar fechada, inicialmente, até o dia 31 de março.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre
Tel.: (68) 2106-3050
Fax: (68) 2106-3081



Fique Conectado