Segunda-Feira, 01 de Março de 2021

MPAC e Prefeitura trocam notas de esclarecimento

Greve dos motoristas de ônibus ainda não foi resolvida

O Ministério Público do Acre (MPAC) publicou na manhã desta terça-feira (15), uma nota de esclarecimento afirmando que “a Promotoria de Justiça Especializada de Defesa do Consumidor jamais anuiu com o repasse de dinheiro público a empresas que operam o transporte coletivo de Rio Branco”. A nota acrescenta ainda que a Promotoria de Justiça investiga como tem sido feita as revisões tarifárias no município.

A Prefeitura de Rio Branco, no entanto, publicou uma nota na tarde desta terça-feira (15), afirmando que o Ministério Público do Acre participou da formulação de proposta da ajuda emergencial. “O acordo para o repasse de recursos da Prefeitura de Rio Branco na ordem de R$ 2,4 milhões destinados ao pagamento de salários atrasados de funcionários do sistema público de transporte da capital, teve o aval da procuradora de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Rita de Cássia Nogueira”.

Os motoristas do transporte coletivo seguem em greve com 100% da frota de ônibus parada desde segunda-feira (14), os vereadores da Câmara Municipal decidiram por unanimidade na noite de segunda-feira (14) arquivar o Projeto de Lei que autorizava o repasse de R$ 2,4 milhões as empresas de ônibus.

agazeta logotipoAv. Antônio da Rocha Viana, 1.559
Vila Ivonete - Cep. 69.914-610
Rio Branco - Acre



Fique Conectado