10-06-21-Pacto Acre sem covid

Covid-19: Acre permanece em bandeira amarela, nível de atenção

Período avaliado no estado foi de 23 de maio a 5 de junho

O Comitê Pacto Acre Sem Covid anunciou nesta quinta-feira (10) que todas as regionais do Estado do Acre permanecem em bandeira amarela, nível de atenção, da covid-19. O período avaliado foi de 23 de maio a 5 de junho.

Nesse momento, a Regional do Alto Acre, com os municípios de: Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri, continuou apresentando nota 10. Além de um aumento de 200% no índice novos óbitos e a diminuição de 19% nas notificações da covid-19. O comitê esclarece que o crescimento considerável no número de óbitos se dá por conta das diminuições anteriores.

A Regional do Baixo Acre e Purus, que compreende os municípios de: Acrelândia, Bujari, Capixaba, Jordão, Manoel Urbano, Plácido de Castro, Porto Acre, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira e Senador Guiomard, também apresentou nota 11.

Houve uma redução de 11% de notificações por covid-19, aumento de 3% na ocupação dos leitos de UTI e 18% dos leitos clínicos.

Por fim, a Regional do Juruá e Tarauacá/Envira, com os municípios: Cruzeiro do Sul, Feijó, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rodrigues Alves e Tarauacá, obteve nota 10.

Nessa regional houve 53% de redução no índice de notificações por covid-19, e 19% de redução na ocupação dos leitos de UTI.

Avaliação

A avaliação do coronavírus em um local é definida por quatro níveis de risco, sendo eles: bandeira vermelha – emergência; bandeira laranja – alerta; bandeira amarela – atenção; e bandeira verde – cuidado.

Para essa definição são verificados sete índices: isolamento social; notificações por síndrome gripal; novas internações por síndrome respiratória aguda grave; novos casos por síndrome gripal covid-19; novos óbitos por covid-19; ocupação dos leitos clínicos; e ocupação dos leitos de UTI.

Pandemia

Para determinar em que bandeira cada região está, é necessário observar três indicadores: a contaminação, responsabilidade social e a capacidade de atendimento do sistema de saúde.

Mesmo classificado em bandeiras mais brandas é importante ressaltar que a pandemia contra o coronavírus não acabou, todos os cuidados e as medidas estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) devem continuar a serem seguidas.

Deixe uma resposta