Lacen aponta 13 resultados sugestivos da variante delta no Acre

Amostras só poderão ser confirmadas após o sequenciamento genômico

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) informou, por meio de nota, que o Laboratório Central (Lacen) realizou o primeiro protocolo de RT-qPCR in house desenvolvido pelo pesquisador Prof. Dr. Felipe Naveca (Fiocruz/ Amazonas) para triagem das variantes de atenção e/ou preocupação. Neste protocolo foram testadas 69 amostras, entre elas:

  • um caso suspeito sinalizado pelo Departamento de Vigilância;
  • uma amostra de um contato do caso suspeito;
  • 67 amostras positivas para covid-19, escolhidas aleatoriamente, nas quais foram propostas uma investigação retrospectiva da possível circulação da VOC Delta.

Os resultados obtidos foram: para o caso suspeito e o contato do suspeito foi concluído que os resultados são sugestivos da variante Delta. Para as demais amostras (67), foram concluídos os seguintes resultados:

  • 11 são sugestivas de variante Delta;
  • 27 são não sugestivas de variante Delta;
  • 29 serão reavaliadas.

A partir destes resultados as amostras dos casos sugestivos da VOC Delta serão encaminhadas para o sequenciamento genômico. A Sesacre ressaltou ainda que os resultados das amostras são sugestivos da VOC Delta e estes só poderão ser confirmados após o sequenciamento genômico realizado pelo Instituto Evandro Chagas.

Deixe uma resposta