Quase 6 mil rio-branquenses não retornaram para tomar segunda dose da vacina

Na capital acreana 19% das pessoas já se imunizaram contra covid-19

O Acre aplicou pouco mais de 442 mil doses de vacinas contra a covid-19, desde o dia 19 de janeiro, quando começou a imunização no estado. Cerca de 330 mil receberam a primeira dose, mas apenas 104 mil buscaram receber a segunda dose. Os dados são da Transparência do Governo do Estado.

Segundo o médico infectologista, Eduardo Farias, “existe uma diferença entre se vacinar e estar imunizado. Se você tomar qualquer dose de vacina você está se vacinando, agora a imunização, que é o que protege as pessoas, só acontece quando o esquema vacinal está completo”, explica.

Segundo a coordenação de Vigilância e Saúde de Rio Branco, Socorro Martins, 5.700 pessoas não retornaram para receber a segunda dose do imunizante na capital acreana, e por causa disso extrapolaram o prazo limite.

“Nós estamos indo ao encontro das pessoas para tentar convencê-las a tomar a segunda dose, e muitas têm receio daquele incômodo que tiveram ao ter tomado a primeira dose. Algumas tiveram um mal-estar, febre ou dor de cabeça, mas se recuperou dentro do que é esperado. Mas, elas têm medo de retornar e ter novamente esses mesmos sintomas”, conta a coordenadora da Vigilância e Saúde, Socorro Martins.

Em Rio Branco, 58% das pessoas aptas já tomaram a primeira dose de um dos imunizantes disponíveis contra a covid-19, e já iniciaram o processo de imunização. Entretanto, apenas 19% desse grupo concluiu o processo e tomou a segunda dose.

A coordenadora também enfatiza a importância de as pessoas buscarem completar a imunização. Segundo ela, este período de baixa contaminação pelo vírus só continuará se a população concluir o processo vacinal.

O intervalo para receber a segunda dose da CoronaVac é 28 dias; da Pfizer 90 dias e da AstraZeneca 90 dias, mas a Secretaria de Saúde do Estado do Acre antecipou para 45 dias.

 

Com informação do repórter Marcio Souza (Foto: TV Gazeta)

Deixe uma resposta