Rio Branco não terá vacinação durante feriado de Proclamação da República

Devido ao feriado nacional em comemoração à Proclamação da República

O estado do Acre  terá a vacinação contra a covid-19 suspensa nesta segunda-feira (15), devido ao feriado nacional em comemoração à Proclamação da República. Além disso, outras repartições públicas de atendimento ao público, também estarão com serviços suspensos, na segunda-feira, e na terça-feira (17), em comemoração ao Tratado de Petrópolis.

“Na segunda-feira vamos dar folga para os nossos profissionais, porém na terça-feira vamos trabalhar normalmente, das 08 horas ás 16 horas com a vacinação, então todas as nossas unidades que vem fazendo rotineiramente essa vacina da covid-19, na terça-feira estarão abertas, vacinando normalmente”, afirmou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica do munícipio, Socorro Martins.

De acordo com os dados divulgados pela vigilância epidemiológica do município, em Rio Branco até o momento foram vacinadas 515.226 mil pessoas. Com a primeira dose, foram vacinadas 297.356 mil pessoas, o que representa 90,30% da população imunizada.

Já com a segunda dose, apenas 210.057 mil pessoas completaram o esquema vacinal, o que representa 63,79% do público imunizado. Em relação à dose reforço, 5.966 mil pessoas foram vacinadas, ou seja, 13,05% da população imunizada.

Segundo a coordenadora da vigilância epidemiológica, o público que não retornou para completar o esquema vacinal está na faixa etária de 12 á 59 anos, e devido ao atraso, o município pretende retornar os mutirões para ajudar na imunização com a segunda dose.

 “Estamos tentando novamente pra retornar os mutirões, aqueles que nós fizemos nos supermercados foi de muita boa aceitação, então estamos programando pra fazer outra ação daquela mesma forma e também no shopping, pra buscar esses locais que as pessoas costumam estar mais tempo pra tentar oferecer a vacina”, acrescentou Socorro.

A coordenadora faz um apelo para  as pessoas aproveitarem o feriado antecipado na terça-feira, em que as unidades de saúde estarão funcionando, e se vacinem contra a covid-19.

“Aproveitar esse momento pra atualizar a sua caderneta de vacinação, lembrando que a vacina, a imunidade só é conferida quando a pessoa faz a segunda dose, nós também estamos com a dose de reforço pra alguns públicos, pessoas de 60 anos e mais, profissionais de saúde, e também aquelas que têm problemas sérios de saúde, imunes supressores graves, essas pessoas podem e devem procurar a unidade de saúde independente de qual vacina seja, primeira ou segunda, deve voltar pra fazer o reforço”, concluiu Socorro.

Com informações de Maria Eduarda Sturmer

Deixe uma resposta