120117-policia-transferencia-presos

Acre transfere 15 presos para presídio em Mossoró (RN)

Eles teriam influência no crime organizado

Como medida de prevenção, 15 presos considerados de alta periculosidade que estavam no presídio de segurança máxima Antônio Amaro Alves, no Acre, foram encaminhados para uma unidade de fora do estado.

A ação foi coordenada pela secretaria de segurança pública, que tentava essa transferência desde o ano passado, mas somente agora surgiram as vagas. “São presos de alta periculosidade, os que têm voz de comando, presos que determinam execuções, (…) esse nível esse grau de periculosidade, até porque tem requisito pra transferência, foram esses que foram extraídos para fora do Acre.”

Se dentro do presídio a situação está parcialmente controlada, fora dele é bem diferente. A guerra entre facções terminou com mais 5 pessoas mortas em menos de 24 horas.

Quatro deles morreram em um confronto com a Polícia Militar na noite de quarta-feira (11). Os PM’s foram informados de uma reunião de membros de uma organização criminosa, se dirigiram até o local, no bairro João Eduardo, região da Baixada, e foram recebidos a tiros, ao revidar, os bandidos acabaram mortos.

A delegacia de homicídios investiga o caso e apreendeu todas as armas utilizadas pelo grupo.

Já na manhã de hoje, também na baixada da sobral, uma troca de tiros entre facções resultou em um homem morto e dois feridos. Dois dos baleados não tinham ligação com o crime organizado, e de acordo com testemunhas, apenas passavam pelo local no momento do tiroteio.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*