0910-policia-prisaohomicida-cleriston

Acusado de dois homicídios alega legítima defesa

Um dos assassinados foi o próprio irmão

Márcio dos Santos de Oliveira, 20. Ele foi preso por policiais civis de Porto Acre. Contra Márcio pesam duas acusações de homicídio. A primeira vítima foi Eudes Holanda da Costa que, no dia 26 de abril, foi assassinado com uma facada no coração.

O crime aconteceu em Porto Acre. O assassino fugiu por cinco meses, protegido pela família. No dia 28 de setembro, o acusado matou o seu próprio irmão, Francisco Oliveira, morto, segundo a polícia, com um tiro de espingarda no peito.

A polícia começou a investigar e conseguiu prender o acusado no dia 7 de outubro, terça-feira, em Porto Acre. Segundo o delegado, o acusado será encaminhado ao presídio Francisco de Oliveira Conde.

Márcio dos Santos afirmou na delegacia que agiu, nos dois casos, “em legítima defesa”.

Deixe uma resposta