041017-policia-julgamento-senildomelo

Acusados de assassinar agente começam a ser julgados

Crime aconteceu no dia 28 de agosto

Os acusados de matar o agente penitenciário Humberto Furtado de Lima, 29, começaram a ser julgados na manhã desta quarta-feira (9), na Comarca do Bujari. O juiz responsável é Manoel Simões Pedroza. Por enquanto, apenas os adolescentes de 14, 15 e 16 anos, envolvidos no crime, são julgados pelo Estatuto do Menor e do Adolescente (ECA).

Dois maiores envolvidos no crime, inclusive o autor do disparo (segundo o inquérito policial), Diego Oliveira, 31, serão julgados em outra audiência. O promotor Luiz Henrique Correia informou que o objetivo do Ministério Público é pedir a condenação por crime de latrocínio (roubo com resultado morte). Neste caso, a pena inicial para os maiores seria de 20 anos.

Segundo o delegado Pedro Resende, responsável pelo inquérito, o crime ocorreu no dia 28 de agosto. A adolescente de 14 anos teria atraído o agente penitenciário até a cena do crime, no Bujari. “Lá, o Diogo Oliveira teria matado a vítima com um tiro na nuca, usando a própria arma do agente. Depois fugiram levando a arma, o celular e a motocicleta da vítima”, afirmou.

O julgamento deve se encerrar somente no período da tarde e os três jovens devem pegar, cada um, no máximo, três anos de medidas sócios educativas, de acordo com o ECA.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*