thumb agentepreso

Agente penitenciário é flagrado levando celulares para presos

Com o acusado, três aparelhos foram apreendidos

Agentes penitenciários prenderam em flagrante o também agente penitenciário Jarles Pereira Oliveira (35) quando tentava entrar com  três aparelhos  celulares no presídio Francisco de Oliveira Conde.

O agente estava sendo investigado há três meses por colegas de trabalho. Para facilitar a entrada dos telefones, ele colocou os aparelhos numa embalagem de erva-mate. Quando estava para entrar nos pavilhões foi surpreendido por policiais.

Jarles Pereira agora será acusado de corrupção ativa e pode ser condenado a oito anos de prisão. Segundo o delegado Pedro Rezende, os celulares tinham endereço certo: Jarles escreveu nos aparelhos as iniciais dos pavilhões de destino de cada celular. Eles iriam para presos dos pavilhões J, L e I.

A polícia não sabe quantos celulares o agente pode ter negociado com os presos, que usam os aparelhos para arquitetar assaltos e até homicídios com os comparsas que estão soltos.

Deixe uma resposta