Aprovados no cadastro de reserva da PM são atacados na frente da Aleac

Agressor estava em posse de um canivete e sob a influência de entorpecentes

Os aprovados no cadastro de reserva da Polícia Militar (PM) que estão acampando em frente a sede da Assembleia Legislativa (Aleac) em forma de protesto, foram atacados por um morador de rua com uma faca, na madrugada deste domingo (8).

Segundo testemunhas, o morador de rua estava sob a influência de entorpecentes e tinha alguns machucados. “Chegou esse cidadão de posse de um canivete já chegou machucado, aí ele começou a fazer ameaças e adentrou o espaço onde nós estávamos, sujou tudo de sangue” relembra o manifestante André Frota.

O policial legislativo da Assembleia Legislativa precisou intervir o que deixou o morador de rua ainda mais irritado e chegou a ferir superficialmente alguns manifestantes. Em momento de vacilo um dos manifestantes conseguiu tirar a arma branca do indivíduo que continuou com as ameaças. A Polícia foi acionada e o morador de rua foi detido.

“foram momentos bem tensos, porque uma pessoa drogada a gente não sabe o que que ela é capaz de fazer, então foi uma situação bem tensa. Nós já estamos ali há sete dias esperando uma resposta do governador e ficamos expostos a todos os perigos da rua”, explica André que foi um dos feridos superficialmente pelo morador de rua.

 

(Foto: Reprodução)

Deixe uma resposta