100317-policia-matagalceja-tvgazeta

Assaltante aterroriza mulheres no Centro da Juventude

Ceja do São Francisco: matagal facilitou crime

O assalto aconteceu por volta de 1 da tarde desta quinta-feira (9). O bandido segundo uma das vítimas, teria acessado o Centro da Juventude (Ceja) do bairro São Francisco, por uma mata que fica aos fundos do prédio.

Adolescentes brincavam na quadra na hora em que o marginal apareceu. Ele teria apontado uma arma de fogo contra os garotos, exigindo que ficassem em silêncio e não saíssem do local.

Ao entrar em uma das salas do Ceja, onde funciona o Cras (Centro de Referência da Assistência Social de Rio Branco), o assaltante exigiu o celular e a bolsa de uma das servidoras.

O assaltante estava encapuzado e apontava a arma contra a cabeça da mulher. Após roubar o celular, e a bolsa da vítima, que continha documentos pessoais e dinheiro, o bandido saiu novamente pelos fundos, no meio do matagal.

“É muito perigoso essas mulheres atenderem aqui nesse horário. Ficam vulneráveis por que saímos para o almoço e elas ficam sós”, comentou o coordenador do Ceja, Levi Azevedo. O centro é administrado pela Secretaria de esportes do estado e o Cras é de responsabilidade da Secretaria Municipal de assistência social do município. Não há vigilantes no horário de expediente.

“A gente pede apoio da Policia Militar por que não é a primeira vez que acontece esse tipo de coisa. Aqui já houve furto, vandalismo” disse Azevedo. O matagal citado dá acesso à invasão de uma área conhecida como Antiga Embratel. O local é considerado perigoso por moradores da região.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*