021216-policia-onibus-cedida2

Autoridades divergem quanto causas de incêndio

Ônibus foi incendiado na madrugada desta sexta-feira

O secretário de Estado de Segurança Pública, Emylson Farias, descartou a possibilidade de o incêndio do ônibus que fazia a linha do bairro Recanto dos Buritis ser represália em função da Operação Hydra. “Isso foi um caso isolado”, avaliou Farias.

Já o subcomandante da Polícia Militar do Acre, Ulisses Araújo, diverge. “Isso pode ter sido, sim, represália em função das prisões”.

A Operação Hydra, executada em parceria entre Polícia Federal e Polícia Civil, prendeu 50 das 52 pessoas relacionadas nos mandados judiciais. Entre os presos, havia um agente penitenciário, acusado de mediar a entrada de telefones celulares e drogas nos presídios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*