040917-policia-morte-na-balsa

Caminhoneiro é assassinado na balsa do Madeira

Discussão teria resultado na morte de Celso

Um homem foi morto a golpes de faca, na manhã de ontem (3), na balsa do rio Madeira. Segundo informações, um possível desentendimento entre a vítima, o caminhoneiro Celso Ferreira, de 47 anos, e um casal de cobradores do cruzamento teria resultado no homicídio.

A polícia foi acionada, mas ao chegar ao local, o suspeito já havia se evadido. Uma equipe do Instituto Médico Legal de Porto Velho também esteve no local para realizar a perícia e recolher o corpo do caminhoneiro.

Uma testemunha, que preferiu não se identificar, afirmou que Celso Ferreira havia discutido com a mulher responsável pelas vendas dos tickets de travessia e que, ao chegar ao outro lado do rio, já foi surpreendido pelo suspeito.

“Eu vi que ele havia discutido com a mulher que faz a venda dos tickets da balsa, depois de uns minutos eu só vi que o cara já veio pra cima do caminhoneiro ‘dando de voadeira’ e já ferindo ele no peito, com uma faca. Como se já não bastasse, ele degolou o cara na frente de todo mundo e saiu limpando a faca como se nada tivesse acontecido”, contou perplexa, a testemunha.

Celso Ferreira era casado e tinha um filho.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*