290317-policia-assalto-cedida

Comerciante é assaltado três vezes em março

Assaltantes nem se esconderam das câmeras

Assaltado pela terceira vez, só esse mês, um comerciante da avenida Waldomiro Lopes colocou o comércio à venda. A decisão foi tomada ontem à noite depois que dois bandidos invadiram a pequena padaria levando todo o dinheiro arrecadado, o aparelho celular e a carteira com documentos.

O comerciante (que não será identificado) ainda levou um soco de um dos bandidos. O microempresário ainda levou a uma delegacia as imagens do circuito interno de segurança, mas, não acredita na prisão dos assaltantes que cometeram o crime sem medo de mostrar o rosto.

“Tudo que estou fazendo os bandidos estão levando. Eu já perdi as contas das vezes em que fui assaltado, mas esse mês bateu o recorde, já fui vítima três vezes. Vou colocar tudo à venda e desistir do meu comércio”, desabafou.

As imagens do circuito de segurança mostram um dos bandidos pedindo o dinheiro do caixa. O comparsa foi até o fundo do comércio e ameaçou os funcionários que estavam fazendo a limpeza.

Na volta, ainda juntou dinheiro que tinha caído. Antes de sair, a dupla ainda pega o aparelho celular e a carteira com os documentos do comerciante e ainda desfere um tapa no rosto da vitima.

O comerciante tem outra padaria no bairro Cidade do Povo. “Essa também já foi visitada pelos bandidos e levaram todo o dinheiro e até mercadoria”, completou.
A avenida Waldomiro Lopes é repleta de comércios, mas como não tem a presença de policiais os assaltos são constantes.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*